"As piras de Angel..."

Dedico este blog ao Amor e às incógnitas da vida, responsáveis pelos mais belos insights. Caminhando rumo à evolução do corpo, da mente e da alma, eternamente...

"Espíritos fortalecidos de paz deixavam de chorar, neste tempo, grandes energias passeavam aos corações. Fomos lançados ao infinito..."

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Relacionamento transcendente...

"Encontro de Almas

Quando menos se espera
Ele aparece de repente
seu corpo e sua vida estremecem
Tudo muda, e como muda...

É um encontro de almas
É um encontro entre aqueles ou aquele
que resultará em um sentir

É um encontro de paz
de solidão inexplicável
de um grande vazio
Embora também traga mais vida e alívio
Alívio de tê-lo sentido
Em toda a vida

Agradeço a Deus por isso
Por mais que eu sofra
mas não quero mais sofrer
Quero apenas sentir

Sentir este que amadurece
que dói, que chora
Mas que pula tão alto
quanto os raios do Sol
ao encontrar a felicidade
Sentir este que acaba
que morre

Mas que fica sempre presente
na Alma do coração"

24/10/2000


Bom...eu tinha apenas 15 anos quando escrevi esse texto...e hoje vejo que o que eu SENTIA quando o escrevi não era Amor...mas sim, era COMO eu achava que fosse o Amor...e não o que estava sentindo...
Como é engraçado quando definimos alguns sentimentos mesmo sem tê-los sentido! Como pode ser??!!
é o mesmo que definir uma dor de parto sem nunca tê-la sentido! E o mais engraçado é ver que a suposta definição estava certa, quando o sentimos!

Mas o que me levou a postar sobre isso foi do sentimento de busca que sinto em relação à um relacionamento transcendente, podem rir da colocação! mas é difícil explicar...pois não se trata apenas de uma busca usual por uma pessoa por quem amamos e tudo se resolve, mas sim por algo que vai além do Amor, que vai além de tudo e de todas as coisas, posso parecer idealista demais, ou até mesmo uma criança de 15 anos...mas é assim que defino algo que ainda não me ocorreu, mas que SINTO que exista!
E relacionando com o início desde post, mais uma vez pergunto...
Como pode ser??

Transcendência! é a palavra que mais retrata o sentimento que sinto...
Apenas me dá um desespero quando vejo que as pessoas que convivo estão longe de sentir assim...(pois se elas não sentem, como poderei ser correspondida assim?) Sim, pq elas amam e buscam o Amor, mas não é apenas de amar e ser amado que estou falando, mas de algo tão mágico e misterioso quanto o infinito...
sei la

4 comentários:

Dani disse...

Angel,
O amor é como Deus:
É preciso ter fé, porque a gente é quem o cria, embora todo mundo diga o contrário....
beijo.

Angelica Marin disse...

Saudades de vc Daniiiii!!! e das nossas conversas filosóficas!!
Assim...na verdade não sei realmente se o Amor é algo em que devemos acreditar...pois me parece que é algo que existe e ponto!
Sinto que é algo que não precisa ser criado pois já existe...como se nós não precisássemos criá-lo...ele simplesmente está lá...
beijo!

Ruiz disse...

Angie!!! Que genial esse texto seu, que sopro de vida em minh'alma! Por diversas vezes em nossa vida - em certas fazes, muitas vezes ao dia - nos deparamos com pessoas, situações e atitudes que nos fazem perder completamente a crença e a esperança no ser humano, e como conseqüência última, no amor. Em raríssimas oportunidades somos agraciados com um argumento no sentido contrário, aquela brisa fresca em um dia quente, aquele sopro de vida no coração, que nos faz querer continuar buscando a felicidade plena, o transcendental, o improvável, o ganhar na loteria por duas vezes seguidas. Seu texto, e em última análise, você, foram esse sopro pra mim hoje. O simples fato de saber que existe alguém que pensa de maneira tão contra-natural, tão divergente do senso comum, e tão deliciosamente mágica provê uma quantidade incrível de energia, de ânimo para continuar a busca pelo amor, pela magia, pelo respeito, por uma alma tão bela que explique sem palavras a definição do amor.
Era exatamente a isso que eu me referia quando disse que você é um modelo a ser seguido. Continue sempre sendo essa menina de 15 anos, o mundo precisa de muitas mais dessas.

Um beijão,

Ruiz

Angelica Marin disse...

Bom garoto, já te disse tudo o que eu penso dessas suas palavras fofas!

um beijooo grande!