"As piras de Angel..."

Dedico este blog ao Amor e às incógnitas da vida, responsáveis pelos mais belos insights. Caminhando rumo à evolução do corpo, da mente e da alma, eternamente...

"Espíritos fortalecidos de paz deixavam de chorar, neste tempo, grandes energias passeavam aos corações. Fomos lançados ao infinito..."

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Para pensar...

Não estou neste mundo para agradar a ninguém.
Há algo muito mais essencial a ser feito...

Amar ao próximo como a ti mesmo. Realmente não estou aqui para agradar, mas para AMAR.

Eu só quero um mundo mais justo...onde a paz e o amor sejam leis.
Se você não gosta do que sou...sorry...

Tenho meus defeitos assim como todos, procuro mudá-los pois é só assim que se evolui.
Mas não vou mudar por ninguém. Vou mudar por mim mesma...e pelo mundo de forma geral.


Certo dia fui em uma terapeuta que me fez enxergar apenas os meus defeitos, sem pensar nas consequências que isso teria para mim. De início foi bom, mas depois...
Depois vieram apenas coisas negativas de mim mesma. Cheguei a pensar "eu não deveria ter nascido"...Ela não focava em qualidades também. Mesmo no fundo de um poço psicológico, me levantei sozinha.

E sabe o que eu acho sobre isso?

Acho sim que temos que visualizar nossos defeitos afim de mudá-los, mas essencialmente não podemos nos esquecer das nossas qualidades. Temos que focar no melhor que podemos ser...sempre!

Mas vou procurar lembrar do lado bom daquela terapia...ela não fez por mal.

Temos que ser o melhor para nós mesmos, e não somente para o outro.
Acho que nada melhor que o otimismo e a vontade de fazer um mundo melhor...

As vezes a solução de nossos problemas está dentro da gente, no mais íntimo de nós. E precisamos de pessoas na mesma sintonia ao nosso lado.
Ainda tenho dúvidas sobre algumas coisas na minha vida. Mas tenho a mais absoluta certeza de que quero evoluir sempre ao lado daqueles que amo e fazer deste planeta um lugar mais justo e pacífico.

2 comentários:

Zé Luiz Sykacz disse...

Olá, ô de casa... Pode entrar?

Se me permite o palpite, acho bem coerente o seu discurso com relação a como devemos lidar com nossos defeitos. Todos temos um lado que não nos orgulha, e é importante ter consciência dele para tentar mudá-lo conforme vemos que ele prejudica e machuca as outras pessoas ao nosso redor, ou a nós mesmos. No entanto, clichês à parte, nós "somos o que somos", e aceitar isso é um processo importante de autoestima. Não há como se fugir perpetuamente daquilo que nos define, e nossos defeitos também são responsáveis por isso.

Em síntese: somos um amontoado de virtudes e defeitos, e isso faz parte do que somos. A impressão que eu tenho é que por vezes a gente se vê tão preocupado em tentar mudar ou mesmo esconder esse lado "menos atraente" de nossa personalidade, que deixamos de lado justamente aquilo que nós temos de bom... E é por isso que, como tu mesma citou no texto, é importante termos ao nosso lado pessoas que nos amem e nos apoiem, porque são justamente elas as responsáveis por nos lembrar todos os dias que, entre erros e acertos, nós ainda somos dignos de nos acharmos especiais.

Enfim... Me perdoe pela visita xereta. Estava fuçando uns blogs por aí, topei com o seu, e achei o texto bem bacana. Achei justo dar “um alô”.

Um abraço.

Angelica Marin disse...

Olá!

Desculpe por não te responder...sua mensagem acabou ficando no limbo aqui e só agora que me dei conta dela rs

Fique a vontade para visitar o blog!

E justamente...a mudança é necessária para a evolução de tudo, mas focarmos apenas nas coisas ruins é algo que só leva ao desastre emocional.
Sermos positivos, valorizarmos oq temos de bom e procurarmos mudar algo que não nos faz bem...é o precisamos fazer...buscar o equilíbrio entre tudo isso...

Quanta coisa a fazer, né?! hehe

Obrigada pelo comentário!