"As piras de Angel..."

Dedico este blog ao Amor e às incógnitas da vida, responsáveis pelos mais belos insights. Caminhando rumo à evolução do corpo, da mente e da alma, eternamente...

"Espíritos fortalecidos de paz deixavam de chorar, neste tempo, grandes energias passeavam aos corações. Fomos lançados ao infinito..."

segunda-feira, 23 de março de 2015

A mais bela viagem...

O que vou falar aqui talvez deixe você um pouco angustiado...mas a intenção é justamente o contrário.

Tive outro insight esses dias...

Nascer do sol com pessoas que amo em uma manhã de verão...


Você já parou para imaginar que um dia você não estará mais ao lado daqueles que ama aqui?
Que um dia, tudo aquilo que você já viu, as paisagens, os lugares, as músicas que ouviu...ou cheiros que sentiu...as comidas que experimentou...os ritmos que dançou...as pessoas que amou...aquilo que está ao seu redor neste momento em que você está lendo este post...incluindo seu computador ou celular...
Tudo isso...
Um dia você não terá mais. E este dia será de uma hora para outra. Você provavelmente não saberá que no próximo instante ao que está vivendo, você não terá mais isso, e pior ainda, talvez não tenha nem a memória de tudo isso, talvez não tenha as lembranças de tudo isso que viveu, afinal, lembranças são parte da memória que faz parte do cérebro, que um dia morre pois é algo físico.
Mas tenho esperança que a alma tenha uma memória e um sentir...mas aí é outro assunto.

E é aí que entra a parte boa...

Viver cada instante intensamente...
Parece clichê falar isso, mas poucas pessoas o fazem de fato.

Falo de realmente dar valor às coisas. De fazer realmente aquilo que seu coração e que sua felicidade lhe pedem.
Dizer um simples "eu te amo" àqueles que você sente amor.
Ajudar aqueles que precisam de ajuda.
Deixar o mundo um pouco melhor com as suas atitudes...
Abraçar bem forte as pessoas pelas quais você tem carinho, seja familiares, amigos, animais...o abraço e o contato corporal fazem bem para o corpo...oxitocinas!
Ver o nascer do sol sentindo os pés na areia...como no dia em que tirei esta foto na praia.
Cuidar da sua maquininha chamada corpo, cuidando com tudo que entra em contato com ele, desde alimentos até o ar que você respira. Pois é graças a ele que vc consegue estar fisicamente neste mundo, caso contrário você só seria uma energia solta pelo universo a fora sei lá onde e sei lá como.
Prestar atenção até mesmo na voz daqueles que ama ou que estão ao seu redor...no timbre...no tom...talvez você nunca mais a escute.
Na imagem do vento balançando as árvores...
No seu corpo solto durante uma dança...
No seu coração batendo quando acabou de correr...ou quando o coração queria pular pela boca num momento apaixonado.

Preste a atenção em cada detalhe...cada coisa...cheiros...sabores...toques...atitudes...dê valor à TODAS elas.
Vale também lembrar de um trecho da letra da música "Epitáfio" dos Titãs.."devia ter me importado menos com problemas pequenos...ter morrido de amor".

E se amanhã você não estivesse mais por aqui, provavelmente daria um valor incrível à tudo isso......até mesmo à aquilo que você reclama ou que não gosta. Um valor tão pleno, puro, que transcende qualquer sentimento humano.

Que engraçado, é como se eu tivesse morrido sem saber e acordasse viva com aquela sensação de alívio e de super querer viver!

Só posso agradecer por perceber isso. Por sentir meu coração batendo neste instante e meu corpo respirando. Pela oportunidade de estar viva, o resto é comigo...livre-arbítrio!

E se talvez um dia voltarmos a viver neste mesmo mundo em que estamos hoje, não sabemos. Talvez seja outro mundo...outra dimensão, outro cérebro...mas espero ter a mesma essência.

Não sabemos o que ocorre depois da vida aqui neste planetinha azul...mas algo me diz que a Vida é como aquela viagem que você fez pra Paris...vc tem saudade dela...mas ela tem um começo, um meio e um fim...quando você compra a dádiva e milagrosa passagem de ida, possui obrigatoriamente a triste passagem de volta...aceite isso e será muito mais feliz. Ela não voltará, ao menos por um momento que não sabemos. Mas se você aproveitá-la intensamente cada segundo, não apenas tirar fotos de todos os lugares que passar, mas se realmente estiver PRESENTE de coração em cada momento, se fizer tudo o que quis realmente fazer, vai ficar tranquilo por ter realmente vivido tudo aquilo que tinha pra viver!


Nenhum comentário: