"As piras de Angel..."

Dedico este blog ao Amor e às incógnitas da vida, responsáveis pelos mais belos insights. Caminhando rumo à evolução do corpo, da mente e da alma, eternamente...

"Espíritos fortalecidos de paz deixavam de chorar, neste tempo, grandes energias passeavam aos corações. Fomos lançados ao infinito..."

domingo, 21 de junho de 2009

Atrás das cortinas...

Vocês já devem estar cansados de UFOs não é?
Mas como tive mais um sonho com naves essa noite, estou no clima do assunto ainda, então me perdoem por estar sendo repetitiva...

Graças à alguns ufólogos, neste mês de junho foram liberadas pelo Governo Brasileiro mais 12 pastas contendo 631 páginas de relatórios ufológicos que envolvem um período de quase 10 anos de investigação por parte da Aeronáutica e do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS), incluindo boa parte dos relatórios da Operação Prato, fotos, e um pequeno rolo de filme Super 8. Além da documentação da Aeronáutica, existem realmente documentos do DOPS e foram constatados materiais de outros órgãos, como declarações de generais, engenheiros do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e delegacias.
Esta é, certamente, a maior e mais importante de todas as liberações que já aconteceram desde que foi iniciada a campanha "UFOs: Liberdade de Informação Já".

http://www.ufo.com.br/public/abertura_2/ Não é vírus, acreditem, entrando neste link estão os links dos documentos.
Agora imaginem o conteúdo do que ainda não nos foi liberado...

9 comentários:

Anônimo disse...

Foi engraçado... na quarta-feira, acordei e a porta estava aberta; eu só durmo de porta fechada, mas a porta estava aberta. Percebi, então, que não estava acordado; era um sonho. Fiz alguma força e acordei de verdade. A porta estava fechada, mas a luz estava acesa. Levantei-me e, ao encostar no interruptor, olhei para a janela pois tive a impressão de ver algo estranho. Ao me virar novamente para a porta, ela estava aberta. Percebi que ainda não havia acordado e, com um pouco de esforço, acordei novamente. Mas agora já era dia, e a janela é que estava aberta...

Com um baque, e um susto, acordei em definitivo. Tudo estava no lugar. A luz apagada, a porta fechada, a janela escura; passava das 6h da manhã. Lembrei-me na hora do que você escreveu há um tempo sobre a paralisia no sono. Mas bem... no meu caso, não haviam seres do meu lado; apenas uma mente trabalhando mais do que devia... Achei, porém, que seria... hm... conveniente comentar isso aqui, já que seu espaço exerce certa influência no meu subconsciente.. :-)

Eu tinha visto em algum já que as publicações sobre UFOs tinham sido liberadas; mas bem... Ninguém nunca duvidou que elas existissem... Ou duvidaram? :) Uma boa semana a ti...

Angelica Marin disse...

Não é que as pessoas duvidavam da exitência desses documentos, mas simplesmente a maioria nem pensa na possibilidade deles existirem, é o que eu acho, tem gente que em pleno 2009 não acredita em seres de outros planetas.

Penso que nosso cérebro pode perfeitamente possuir funções das quais não conhecemos ainda, e as vezes, "trabalhar demais", como vc disse...
Penso tb que existem coisas externas à nós as quais nem imaginamos existir, coisas que talvez nem mesmo nosso cérebro compreenda. (ele não foi feito pra isso)
Resumindo...sou aberta à TODAS as possibilidades.
Eu só quero uma resposta! Saber o que é tudo isso, essas experiências e tudo que as envolve.
Chego a chorar de raiva por saber que algo está acontecendo comigo e não compreender.

Só pense no seguinte, vc acha que uma formiguinha tem noção do tamanho do planeta Terra? acha que ela tem noção de que existem outros países, oceanos, continentes, talvez esse outro país para ela seja o bairro vizinho ao que ela mora.
Depende do ponto de vista...
Somos grandes, somos pequenos.
Temos a noção de tudo, temos a noção de nada.

Boa semana pra vc tb!
E obrigada pela opinião aqui.

Anônimo disse...

Po, esse papo da formiguinha é muito legal! É como o das dimensões, onde uma "civilização" de duas dimensões não enxergaria seres da terceira dimensão, mas nós (da terceira) enxergaríamos perfeitamente os da segunda (desenhados no papel, por exemplo); então, os seres que estivessem na quarta dimensão enxergariam a gente, mas nós não os enxergaríamos. Sabe?! Na primeira vez que tive contato com este tipo de conhecimento, minha mente de fato começou a abrir. Até então, penso eu, eu não tinha este tipo de noção; dali pra frente, mesmo sabendo da nossa incapacidade diante do "todo", percebi mesmo que somos só formiguinhas nesse universo todo.

E é; ignorar a existência de vida em outro planeta deveria ser exatamente como acreditar que todos no senado eram vítimas, não é?! Apesar de que, na analogia da política - que longe de mim querer discutir, apenas analogando mesmo -, não votaríamos num governo que expôs escândalos como o mensalão; e, no entanto, já se fala em 3a. eleição. Que dizer então de fazê-los acreditar e aliens? Eu sei que a analogia só faz menção do Brasil, mas é pra expôr um ponto de vista... acho que é perto do da Igreja; crê quem quer, desacredita quem pode - no sentido de ter poder :-)

Em tempo... não leve a mal quando disse que não haviam seres quando acordei; não é que seja descrente em relação a eles, de fato me pego surpreendentemente interessado no assunto nas últimas semanas... talvez mesmo por ter achado uma boa fonte de informação/opinião/discussão...

Henrique disse...

A propósito... em função das suas perguntas lá atrás, "Anônimo" ganhou um nome, um perfil do blogger, e um castanho nos olhos e cabelos rs... Mas idade já foi pedir demais :-)

Angelica Marin disse...

Como vc disse, fico feliz que tenha encontrado uma boa fonte de informação aqui Henrique(agora não mais anônimo)!
Apesar de que não tenho certeza de que tudo que digo é um fato, apenas são idéias jogadas ao ar, fruto da minha intuição e pequeno conhecimento do Universo.
Gosto muito de ver a opinião de outras pessoas aqui, é pra isso que serve um blog...trocar idéias! =)
Todos os tipos de analogia são muito válidos quando estudamos algo, ela nos abre um mar de possibilidades.
Somos formiguinhas para outras civilizações.
Assim como somos os alienígenas mais avançados para outra...a diferença é que essas menos avançadas não sabem da gente, pois elas são tem a capacidade de nos encontrar. Nós tb ainda não temos, vamos até a Lua e voltamos. As bactérias da Lua devem pensar...
"Vcs viram? uma coisa estranha que parecia uma nave chegou dos céus e pousou aqui, desceram uns seres estranhos, o que eles querem conosco e com este lugar?"
Agora pense naquelas civilizações extremamente avançadas tecnologicamente, onde espaço e tempo não é um limite para elas.
Essa é uma certeza pra mim e esse pensamento não me sai da cabeça.

Agora fica um questionamento importante, o que seria uma civilização mais avançada? Aquela que tecnologicamente consegue chegar em outro mundo, ou aquela que chega em outros mundos de forma espiritual?
Dizem que as civilizações mais avançadas são feitas de energia apenas, e que não precisam de nada material para se apegarem...fato? ilusão?
A vida é uma incógnita...
As pessoas são uma incógnita...
Tudo é uma incógnita...
Vou dar o nome da minha filha de Incógnita, pq não é possível! Aaaaaarrrrrr!

E não levei a mal não que vc não viu seres no seu quarto, imagina...hehe
Me diga uma coisa? vc tem com que frequencia a paralisia do sono? ou teve essas experiências bizarras mas sem paralisia?
Bom final de semana Henrique, se algo ficou confuso no que eu disse me perdoe, é culpa da taça de vinho aqui do lado do pc =)

Henrique disse...

..."é pra isso que serve um blog" :-)

Então, na realidade não considero paralisias; desculpe-me. Meu lado cético ainda fala mais alto, e prefiro chamar de sonhos, reações do meu sub-consciente a inquietações do meu consciente - vulgo pesadelo por ansiedade hehe... Tenho com certa freqüência, mas sempre ligado a um evento de stress psicológico. Ou à simples inquietação natural que se acomodou em mim há anos, em razão de coisa alguma! hehe..

Mas concordo com tudo ser uma incógnita; de fato, acho isso fantástico. Tenho mesmo um fascínio enorme por pessoas, pelo comportamento delas e pelo que elas pensam/deixam de pensar. Apesar do ateísmo, tenho algumas teorias sobre a evolução espiritual de cada um, que - sou quase certo - ultrapassa os limites da "carne" e da vida. E, por ser observador demais, acabo visualizando muito além do que o comum nas outras pessoas. Você parece fazer o mesmo, não?!

Filha? Você terá uma filha? ehe.. desculpe a curiosidade..

E vinho num sábado à noite, hã?! Taí algo que fiquei com inveja - apesar do meu sábado à noite ter sido bom mesmo sem um bom vinho seco hehe

Bom início de semana pra ti!

Angelica Marin disse...

Filha?! não terei uma filha não...hahaha, estava me referindo à filha que terei um dia (mas brincando hehe)
Ainda bem que o vinho não estragou meu texto =)... Sozinha em casa num sábado a noite acompanhada de mil pensamentos e um vinho delicioso! hihihi

Então...é importante sermos um pouco céticos em algumas coisas, pois isso nos mantém com os pés no chão...mas...hj em dia vejo que, as vezes, é justamente o contrário...deixar o ceticismo de lado e se abrir para as possibilidades das coisas.

Eu particularmente não acho que tenha sido um sonho, pois eu estava sonhando antes de entrar em paralisia, até me lembro do sonho que estava tendo (agradável por sinal). Por isso consegui sentir as diferenças de sensações, acho que é isso que me diz que não foi um sonho...
Engraçado, eu não estava em dias estressantes, a paralisia começou com a minha irmã, ela teve apenas 1 vez (acordou chorando), não entendi nada do que poderia ser o que ela me relatava, até que na mesma semana eu é que tive, e ela não mais. E comigo se repetiram vezes...e mais vezes...
Queria muito entender tudo isso...
E concordo com vc no sentido de que a vida não se limita ao corpo, vai muito além disso...
Acho que faço o mesmo que vc sim, de observar os outros e ver além do que eles demostram ser...
Vai ver é coisa de virginiano, detalhista demais! =)

Boa semana pra vc tb Henrique!

Henrique disse...

Ah, Angelica, mas discordo que o ceticismo atrapalhe de alguma forma a mente aberta. Tenho pra mim exatamente a mesma idéia que você: temos que manter a mente tão aberta às novas idéias quanto possível. Ser cético é parte disso; pior seria se crêssemos em toda crença que nos é proposta, não?! Enquanto céticos, ao menos as idéias passam pelo nosso julgamento...

Fato é, mesmo, que talvez eu não tenha capacidade ainda para saber diferenciar uma coisa da outra. Na bem das verdades, até bem pouco tempo atrás, quando li aqui no seu blog, eu nem sabia que isso era uma possibilidade efetivamente, e que haviam estudos em relação a isso! Para uma mente cética, tomar como verdades certas coisas, da noite para o dia, é quase impossível. Bem... não é que certa vez eu não tenha passado a crer no amor num intervalo bem curto de tempo... Mas também não é que isso tenha a ver com o papo, só estou me contra-argumentando para lhe poupar escrita hehe...

Mas enfim. Vou prestar mais atenção da próxima vez que ocorrer algo parecido, e eventualmente venho aqui discutir publicamente contigo e com todo mundo que acompanha seu blog, como se e-mail não existisse ou nunca precisasse ser usado hehe...

E é.. concordo: há de ser coisa de virginiano!! Apesar que... também não acredito em "12 tipos de pessoa no mundo", mesmo sendo perfeccionista e sistemático como todo virginiano que conheço. rsrs

Angelica Marin disse...

Henrique =)
Concordo que não existem 12 tipos de pessoas no mundo! Esse negócio de signo tem muitas variações, apesar de algumas características baterem e tal. EM GERAL, os virginianos que conheço são todos metódicos, perfeccionistas demais, chegamos a ser vistos como chatos! eu pelo menos...rsrs

Vc está certo, eu me expressei errado ali em cima. De fato, temos que ser céticos tb, mas não deixar o fato de ser cético ser um ceticismo, como um dogma pra nós, senão da na mesma que acreditar em algo que não existe, pq vai que deveríamos deixar o ceticismo de lado em determinado assunto quando estamos sendo céticos. Ficou confuso? rsrs
Ou seja, ceticismo é bom em certa quantidade, mas saber deixar ele de lado tb é importante, caso contrário...cabeça fechada sempre!... E bem-vindos à humanidade de hoje!

Entendo vc que nada é do dia para a noite, tudo a seu tempo, mas vai aih uma dica pra algumas verdades surgirem: forçe sua mente a pensar em coisas assim, pense, pense muito, pire mesmo! rsrs depois...relaxe. Procure esquecer tudo o que pensou por uns dias, de repente em algum momento sua mente vai te mostrar a resposta que queria, ou pelo menos, algo mais claro pra vc.
Não basta simplesmente não pensar em nada e pronto..."algo vai ser mostrado"
Tb não basta pensar e pensar.
Tem que ser os 2 juntos.
O cérebro precisa de um tempo pra decantar as idéias e organizá-las, enfim, surge então o quebra-cabeças já montado (ou uma parte dele).
(Nossa como eu viajo na batatinha!)
Talvez amanhã nem eu mesma consiga entender esse texto...
To sentindo minha cabeça a mil agora! mil pensamentos! as vezes tenho esses insights! Graças à eles meu blog existe!

Assim que te ocorrer algo parecido com essas paralisias, comente aqui. Será bem válido!

Bom domingo!