"As piras de Angel..."

Dedico este blog ao Amor e às incógnitas da vida, responsáveis pelos mais belos insights. Caminhando rumo à evolução do corpo, da mente e da alma, eternamente...

"Espíritos fortalecidos de paz deixavam de chorar, neste tempo, grandes energias passeavam aos corações. Fomos lançados ao infinito..."

sábado, 24 de outubro de 2009

Encontro de almas...



E desde pequena esse sentimento me persegue...

Relaciono o vídeo com os posts "Relacionamento Sinérgico" e "Relacionamento transcendente". Busquem ser verdadeiros com seus corações! E...pés no chão ao mesmo tempo...hihi
Boa semana!!! ;)

"Dedicado para aqueles que sentem um grande amor em seus pequenos corações e que, por isso, são apaixonados pela Vida e pela Luz." 
Wagner Borges

8 comentários:

Henrique disse...

Espere, espere.... Qual seria a graça de viver pelos sentimentos, se os pés não pudessem se desprender do chão, vagando por aí sem muita regra ou restrição?! Se não pudermos realmente viver um sentimento, se o sentimento não for verdadeiro o suficiente para nos fazer esquecer que existe mesmo um chão para pisarmos... qual seria o propósito?! Não não... Desta vez não concordo com seu conselho. Não por completo... Manterei então, apenas, os meus pés no chão!

beijão e boa semana!!

Angelica Marin disse...

O que eu quis dizer em manter os pés no chao é para nao deixar a verdade escapar por entre ilusoes...
Mas em alguns momentos deixar os pés nos ares também...
OU talvez tenhamos que esquecer mesmo o chao e simplesmente viver o que a alma procura.
Mas isso é complicado, pq se tratando de relacionamentos, nao estamos sozinhos, mas sim em dois e nunca se sabe se a verdade do sentimento é recíproca ou nao. Além do que...as pessoas nao sao verdadeiraaaaassss!!!! (to perdida)
Na minha atual opiniao, nao acredito que exista esse sentimento 100% verdadeiro entre duas pessoas, infelizmente isso parece ser cada dia que passa uma utopia! Embora eu sinta o contrário (e como sinto), o chao vem e me puxa pra baixo...Como quem diz..."nao confie!"
E pior, o chao sempre tem razao! Nao se pode confiar 100%. Isso é muito triste. Mas o mundo é assim, temos que nos adaptar. Quando eu estiver em outro mundo algum dia quem sabe poderei confiar de fato =) E o que eu sempre senti se concretizar!!!
Mas de fato, no chao nao tem graca alguma! é tudo superficial.
Que difícil né?! E agora?!

Henrique vc tem razao, se o sentimento nao for vedadeiro o suficiente para nos fazer esquecer que existe um chao para pisarmos...sendo nós mesmos o tempo todo...qual seria o propósito?!

PS. nao ligue a falta de pontuacao das palavras, mas esse teclado...rsrs

Beijo e ótima semana pra vc tb!!

Henrique disse...

Opa! Opa! Temos um coração machucado por aí, pelo jeito!! Bom... mas tem machucados que vêm para o bem, não?!

É difícil imaginar como a vida seria "se algo acontecesse diferente", mas eu penso que a minha não seria melhor se eu continuasse a crer no amor eterno como algo palpável. Acho que, tal como você falou de si, eu sei que ele existe em algum lugar, mas... tudo bem se ele não existir agora! Acho que deixei de me desesperar por essa bagunça... E, diga-se de passagem, a felicidade está possível do mesmo jeito! É possível amar com toda a alma e ainda assim não ser pra sempre, afinal. Como disse o poeta, "que seja eterno enquanto dure", né?! :- ) Ao menos pra mim, foi possível flutuar e voltar a tocar os pés no chão; de forma natural, não forçada. Da forma como deve ser.

Vai ver, então, a gente só precisa deixar a vida viver, e parar de se iludir achando que o sentimento verdadeiro vai estar "naquela" pessoa, pela qual babamos ao ver mas nem sequer conhecemos o tom da voz...

E daí eu chego no ponto que eu queria argumentar. Eu tenho pra mim que a gente cria nossas próprias armadilhas, sabe?! Porque assim... Como pode, por exemplo, uma pessoa ser linda para alguém e horrível para outro alguém? Como pode ser legal para um e chata para outro?! Seria a forma como cada um enxerga a situação, não?! Então nossas decepções viriam simplesmente da nossa própria mente, que criou a imagem de que "aquela pessoa é muito perfeita para nos decepcionar". E ela nos decepciona! Aliás, nós nos decepcionamos com ela. E por quê? Porque fomos racionais, tentamos manter os pés no chão... ou tentamos fazê-los sair antes da hora, não sei...

Talvez, se aprendêssemos a dar tempo ao tempo, nos decepcionaríamos menos... mas daí, qual seria a graça de viver mesmo?! :- )

E oh... uma vez eu te falei que nem sempre a gente comentava aqui (no seu blog) à espera de uma resposta sua. Desta vez eu espero! haha.. talvez você possa ajudar a clarear - ou sombrear mais - os meus projetos de idéia rs... beijão!

Angelica Marin disse...

Ok, ok, demorei mas to respondendo!

Eu não diria um coração machucado, mas com altas doses de vacina, já imune e mais maduro...
Gosto muito de ver opiniões diferentes aqui, isso me faz pensar e pensar, sair fumaça da cabeça e depois entender melhor as coisas!
Então...!
Embora eu sinta que algo eterno exista pra mim, não me refiro a relacionamentos eternos quando digo que não acredito 100%. Afinal de fato, que seja eterno enquanto dure...até um último durar pra sempre! (não me chamem de ingênua, apenas é o que eu sinto! hihihi)

O que me refiro é na transparência 100% num relacionamento. Falo da Verdade. Isso sim pra mim é fundamental, mas é algo que já não acredito mais...
E talvez seria..."E que a transparência seja eterna enquanto dure..."
Maaasss, pra mim essa lealdade deve estar sempre presente.
E não acho que eu esteja sendo muito exigente, ainda mais nos dias de hoje, apenas acho justo que façam comigo o que eu sempre procuro fazer com os outros.
Enquanto isso, continuo sendo assim, mesmo sem acreditar.
Se não for aqui na Terra, eu sei que em algum mundo, em algum lugar, terei um relacionamento assim! Mas poxa eu tenho muita vida ainda aqui, bem que podia ser aqui né, não sou nada paciente! Aaaaiiiii!

Sabe Henrique chega um momento na vida que decepções em relação a lealdade não machucam mais...é como estar vacinada contra isso, a gente aprende com ela, vê o lado bom, ergue a cabeça e segue em frente...
A verdade é que estou a cada dia sem paciência pra pessoas que não são sinceras...essas que fiquem com outras assim...quero distânciaa!

E quando falo nisso tudo não quero dizer que temos que ser santos e ficar sozinhos, claro que não, é preciso conhecer pessoas diferentes, beijos diferentes, personalidades diferentes, jeitos diferentes, almas diferentes (o lado bom de estar solteira! rsrs), mas sempre deixando o respeito em primeiro lugar.
Assim a probabilidade de encontrar a pessoa que faria o melhor final com vc é maior!

Beijo garoto! Boa semana pra vc!

Henrique disse...

Olá! Então.. eu acho que discordo quando você fala que a gente se vacina; eu falo isso também, mas, sempre que algo acontece, aquele "calo", que já está grosso, gasta um pouco mais. Por mais forte que eu possa me manter diante de outrem, no fundo a coisa tende a ser um pouco diferente invariavelmente... Não sei...

Mas bem.. eu, que penso demais, fiquei depois pensando na minha pretensão demasiada ao cobrá-la alguma resposta. Vou recolher-me ao meu posto de leitor e "comentarista" então rs, sem cobrar feedbacks...

Eu acho que já te falei dessa minha opinião, mas vou correr o risco de ser repetitivo... Você comentou que a transparência e a sinceridade não existe; talvez tenha entendido errado, mas tive a impressão de ler uma conotação tendendo à traição (por falta de palavra mais leve)... Tenho pra mim que a traição só existe porque o sentimento não é verdadeiro; é conseqüência, mera conseqüência de estarmos num relacionamento sem enxergarmos a realidade dele; pra mim, como já comentei, estamos sempre criando realidades, possibilidades na nossa cabeça. Acho que é legal isso quando as coisas não dependem dos outros. Eu posso garantir, por exemplo, que quando eu terminar uma maratona sem caminhar, vou ser uma pessoa feliz. Mas não posso garantir que, caso eu ame alguém, vou ser uma pessoa feliz. Certo?!

E tem tantas outras coisas que penso que é melhor eu parar por aqui rs... e vamos pra quinta-feira, que esta semana curta e quente há de ser divertida! beijão, garotinha! :- )

Angelica Marin disse...

Não vejo problema algum em vc pedir uma resposta minha!=) É um direito do leitor tb nao? rsrs

Talvez eu não esteja numa boa hora pra escrever aqui, mas como meu blog tb serve pra mim como uma espécie de diário, não me importo em tornar isso público.
Eu sei é tarde já, mas me deu uma coisinha ruim...que me fez desaguar aqui, é algo que não sei o que, como um sentimento de falta de amor (falando de relacionamentos). Estava lembrando aqui de relacionamentos que vivi e é triste dizer isto, mas como já disse não me importo que saibam aqui, é como se eu nunca tivesse sido amada pra valer (com raríssimas exceções).

E aí entro no que vc disse Henrique, da vacina, realmente em muitos momentos estou vacinada, mas em outros parece que cria uma certa resistência, e tudo volta na mente, como que num pós trauma, quando revivemos algo que lembre aquela coisa ruim, a sensaçao volta. Talvez vc tenha razão nisso.
O que tem de errado comigo?!!
O que me faz ser algo repulsivo as vezes?!
Uma vez um ex namorado me disse coisas que me deixaram lá embaixo, eram críticas construtivas, mas somente críticas, era como se os meus defeitos pesassem mais que as qualidades, fiquei me sentindo as piores das mulheres, claro que sei que não sou todo aquele monstrinho hehe, mas neste momento que estou agora até isso veio na minha cabeça.

Estou me sentindo bem se tratando de relacionamentos! Acho que nunca gostei tanto de estar solteira, vivendo coisas diferentes, novas...claro que algo mais sério tb faça falta.
Mas é neste momento, no meio da noite, que me deu essa coisinha ruim. Como um sentimento de "poxa tem algo errado comigo!".
Eu até poderia tentar entender e mudar isso, mas em todos os momentos da minha vida fui eu mesma. Eu não seria outra pessoa pra agradar os outros, mas isso é triste, pq me sinto sozinha.

Bom preciso me recompor aqui e parar de pensar nessas bobagens.
Será que é TPM? Pode ser sim! Bem provável na verdade! Mas nesses últimos meses andei pensando nisso.
E talvez pela Tpm agrave tudo agora!

Depois quero comentar com vc sobre a traição que vc disse. Agora não estou com cabeça pra isso.

Obrigada pelas idéias aqui Henrique! São importantes, acredite.

Henrique disse...

oops, com tpm eu não me meto! hehe... mas... tenho sérias dúvidas se é você que está errada... não sei, acho que isso quem responde melhor é você mesma; mas... afinal, o que é certo? o que é errado? porque, ultimamente, o senso comum parece estar tão errado que fazer o certo acaba sendo ridículo! não tens esta impressão? porque eu tenho...

às vezes agimos certo, de acordo com nossos princípios, mas machucamos alguém. então de que adianta tê-lo feito?! talvez a pessoa se fizesse mais alegre com outro ato, errado! não dá pra entender, e eu já desisti de tentar entender há muito....

mas bem... eu posso e devo lembrá-la que existe um treco asqueroso e monótono, mas por vezes útil, chamado e-mail, e que pode ser usado pra falar também :-)

no mais, não tenho o que comentar. suas palavras me remeteram a uma filosofia tão longe (hehe) que escrever jamais seria uma forma viável de tecer qualquer comentário. mas eu, talvez, não pense que o problema seja em quem procura algo "impossível"... o problema há de ser mesmo o "objetivo" ter-se tornado impossível.... :- (
bom fim de semana por aí! te cuida! e cuida dessa tpm! hehe

Angelica Marin disse...

hihihihi
Era de fato TPM Henrique! hahahha

Nesses momentos todas as coisinhas ruins antigas vem na memória em tamanhos bem maiores!!! hehe
Maasss, 1 dia depois já estava 100%, pois vi tudo de outra forma, foram importantes aqueles momentos de choro a noite toda, tb pq dia seguinte conversei com um médium, acredite, e pelo que ele disse, há coisas que nem imaginamos que influenciam nossas emoções, embora tudo isso não seja algo concreto, nunca se sabe né...

Continuo com a mesma opinião da falta de amor e tal, mas isso não me incomoda agora.
O que importa é que estou bem agora e vejo tudo de outra forma, apesar dos olhos inchados e total sem forças no dia seguinte!Extremamente fraca, como se algo tivesse puxado toda a minha energia, horrível mas passou! =) hahaha

Que bom que vc postou aqui Henrique, acho que se vc não tivesse postado eu teria ficado muito pior, por estar falando sozinha!!! hahahah

Obrigada Henrique, um beijo grande e muita energia pra essa semana que está apenas começando! =)